Carnaval de Veneza
Itália

Carnaval de Veneza

Fantasiados e a Campanile ao fundo.
Fantasiados e a Campanile ao fundo.

 

Eu devo admitir que nunca tive muita vontade de ir à Veneza. Não sei por qual motivo, mas só não queria. Do nada, no fim do ano passado eu cismei que tinha que conhecer e que tinha que ser na época do Carnaval de Veneza. Eu gosto de ir aos lugares em época que acontecem coisas que não podem ser vistas sempre. Ainda bem que resolvemos ir, porque foi simplesmente uma das cidades que eu mais amei até hoje e estar no Carnaval de Veneza é algo único e totalmente inesquecível! E é sobre essa festa que eu vou falar na primeira parte do guia de Veneza, com direito a várias fotos, todas – lindas demais – tiradas por mim. 😉

 

carnaval-veneza-mascarados-2

 

Se você pretende ir nessa época, esqueça a imagem de Carnaval que nós temos do Brasil. Não tem NADA a ver! A cidade fica lotada nos finais de semana (a festa dura duas semanas direto, mas a maior parte dos eventos acontece durante os finais de semana), mas não existe barulhada, bagunça e bebedeira. E foi isso o que eu mais amei, pois detesto a zona do Carnaval no Brasil. Lá, é uma festa bonita, pra ser vista e admirada… E pronto! Claro que não deixa de ser divertido, mas de uma forma bem mais civilizada. Todo mundo, seja criança, adulto, idoso e até os cachorrinhos saem fantasiados ou apenas usando uma das lindas máscaras venezianas. Todos entram na festa, incluindo nós dois que acabamos comprando máscaras também!

 

carnaval-veneza

 

A maior parte das celebrações acontece na Piazza San Marco, a maior e mais famosa da cidade. Durante o dia, por horas no enorme palco montado na praça, aconteciam defiles e eram eleitas as melhores máscaras e fantasias. Grupos de dança e mágicos se apresentavam para entreter os presentes. Andei lendo por aí que em alguns dias também acontece um tipo de desfile nas gôndolas que passam pela ponte Rialto. Mas nada conseguia superar os vários fantasiados que passeavam pela praça – e por toda a cidade – em busca da atenção de quem estava lá. Era uma luta conseguir um espacinho pra tirar uma boa foto deles, e também uma luta pra conseguir uma foto com foco, já que eles se mexiam o tempo inteiro. Eu, como amo uma “caçada”, me diverti até dizer chega correndo atrás das fantasias mais bonitas pra tentar algumas fotos bacanas. Me senti uma paparazzi correndo atrás de famosos por um clique! As pessoas realmente se empenhavam e algumas máscaras e vestidos eram muito impressionantes! Escrevendo isso tá me batendo uma saudade enorme disso… Já voltamos de lá há duas semanas e eu ainda fico triste!

 

Praça lotada! Tem um palco ali no fundo...
Praça lotada! Tem um palco ali no fundo…

 

À noite, a praça virava uma grande boate com direto a DJ e shows. Todo mundo dançando, bebendo e curtindo de forma super civilizada, sem confusões. Vimos até duas criancinhas chinesas minúsculas dançando Gangnam Style melhor que muito adulto por aí! Foi tudo do jeito que a gente gosta, bem sossegado e ao mesmo tempo, divertido.

 

carnaval-veneza-mascarados-3

 

Nós chegamos no Sábado à noite e no Domingo a Praça San Marco ficou quase insuportável, de tão cheia. Parecia um festival de música e era difícil até de andar. Já na Segunda, a cidade amanheceu tranquila e bem mais vazia e foi uma delícia pra passear e tirar fotos sem um milhão de cabeças na frente. Antes de ir, eu fiquei com medo de não conseguir conhecer a cidade direito por estar muito cheia nessa época, mas no fim das contas, nós não tivemos problemas. O único problema foi a tristeza que bateu nas últimas horas lá e não querer voltar pra casa mais (e agora a vontade de voltar pra lá o mais rápido possível)!

 

carnaval-veneza-mascarados-4carnaval-veneza-mascarados-5


HOTEL EM VENEZA

Hotel Domus Cavanis

Os reviews em outros sites são muito piores do que o hotel é na verdade. Nós resolvemos arriscar por ele ser o único em Veneza mesmo e dentro do nosso orçamento… Além disso, é extremamente bem localizado, a 5/10 minutos de todas as coisas mais importantes da cidade. É verdade que os quartos são minúsculos e que não tem recepção própria (a recepção fica do outro lado da ruela, dentro do hotel que comprou o Domus Cavanis e onde é servido o café da manhã). Mas não acredite se ler por aí que era perigoso ou que fica em uma rua estranha, porque não é verdade! Se você é como nós e não liga pra luxo, vale a pena ficar nesse hotel.

Clique para ler dicas de turismo de 2 Dias em Veneza. 😉

Veja também

A cidade italiana que paga para atrair novos moradores

Vila na Itália pode oferecer 2 mil euros para quem for morar lá!

Cidadania Italiana na Itália

O Que Fazer em Veneza, Itália

O Que Fazer em Milão, Itália

Disqus shortname is required. Please click on me and enter it

11 Comments

  1. cristina higino

    ola ola uma ajuda eu vou a Veneza no Carnaval de 2014!
    Vou ficar num hotel que ficar muito muito perto da praça de São Marcos !
    As travessias de vaporetto são 7€ cada por pessoa compensa comprar o passe 72horas que custa 35€ ..
    Não achas????
    e esse passe dara para ir as outras ilhas com esse passe

    08/11/2013 Responder
    • Luiza Ferrari

      Oi, Cristina!

      Como eu disse no post, realmente não acho que vale a pena ficar pegando vaporetto. É tudo perto e o gostoso é mesmo sair andando pelas ruazinhas lá.
      Não tenho certeza se o passe vale para as outras ilhas, mas pelo que me lembro de quando pesquisei, acho que sim (pelo menos até Lido vai).
      😉

      12/11/2013 Responder

LEAVE A COMMENT