Giant’s Causeway (Calçada dos Gigantes), Irlanda do Norte
Irlanda do Norte

Giant’s Causeway (Calçada dos Gigantes), Irlanda do Norte

Pela costa da Irlanda do Norte...
Pela costa da Irlanda do Norte…

 

Último post sobre a viagem à Irlanda do Norte e a parte mais legal de todas, sem dúvida. Tirando o show que eu falei no primeiro post, essa foi a hora mais aguardada do passeio e agora vocês vão saber o motivo. Já ouviu falar em Giant’s Causeway (Calçada dos Gigantes)? Eu também não, até o começo desse ano… Mas desde que fiquei sabendo o que era, me deu uma vontade enorme de conhecer e vale a pena. Vem saber mais aqui comigo, vem 😉

irlanda-norte-interiorovelhas-irlanda

 

 

 

 

 

 

 

Antes de chegar lá, tenho que dizer que nós pegamos uma excursão saindo de Belfast pela McCombs (e pagamos só £20). Recomendo muito a empresa pra quem tiver interesse em fazer este passeio. Por ser uma excursão de dia inteiro, nós vimos também outros três pontos antes de chegarmos ao ponto alto do tour, além de babar com a vista linda da costa da Irlanda do Norte:

 

Leia + O que fazer em Belfast, Irlanda do Norte

 

CARRICKFERGUS CASTLE

Carrickfergus Castle.
Carrickfergus Castle.

Primeira parada rapidíssima de 5 minutos só pra tirar foto.

 

CARRICK-A-REDE ROPE BRIDGE 

Carrick-a-Rede-Rope-Bridge-2
Carrick-a-Rede Rope Bridge.

 

O caminho até a ponte já é um espetáculo! A vista é linda de doer e rende várias fotos lindas. A ponte de corda em si, considerada uma das mais perigosas travessias do mundo, acaba ficando em segundo plano (principalmente pra quem não vai atravessá-la, como nós). No ônibus eles já venderam o ingresso combo para atravessar a ponte e para entrar no centro de visitantes do Giant’s Causeway por um preço mais baixo – que eu não me lembro bem -, mas se você for comprar separadamente, a entrada na ponte custa £5.60 para adultos e £2.90 para crianças.

 

De tirar o fôlego, não é?
De tirar o fôlego, não é?

 

DUNLUCE CASTLE

Dunluce Castle.
Dunluce Castle.

 

Na verdade a gente parou aqui depois da Giant’s Causeway, mas foi mais uma parada rapidíssima, de 2 minutinhos só pra tirar foto das ruínas deste antigo castelo.

 

ALMOÇO EM UMA DESTILARIA

Comentar sobre isso só pra dizer que a comida nesse restaurante é muito barata e bem gostosa, então não se preocupem em levar muito lanche.

 

Leia + Titanic em Belfast

 

GIANT’S CAUSEWAY (ou CALÇADA DOS GIGANTES)

O ponto alto da excursão e onde a gente ficou por mais de 2 horas.

 

Giant's Causeway.
Giant’s Causeway.

 

Segundo uma lenda irlandesa, Giant’s Causeway surgiu porque um gigante chamado Finn MacCool queria enfrentar um gigante escocês chamado Benandonner, mas não havia nenhuma embarcação grande o suficiente para que ele pudesse chegar até o outro lado do mar e encontrar seu inimigo. De acordo com a lenda, MacCool resolveu o problema construindo uma calçada com enormes colunas de pedra que ligava os dois lados. Brenandonner aceitou o desafio e atravessou o mar para chegar até a Irlanda, utilizando esta calçada. Quando a esposa de Finn percebeu que o outro gigante era muito mais forte que o marido, resolveu vesti-lo como um bebê. Brenandonner então chegou à casa dos dois, e vendo o tamanho do bebê, pensou “se o bebê é desde tamanho, imagine o pai!”, e dessa forma, saiu correndo de volta à Escócia com medo. Para ter certeza de que não seria perseguido por Finn MacCool, destruiu a estrada enquanto corria, restando apenas as pedras que agora formam a “Calçada dos Gigantes”. Irlandeses e suas várias histórias, né?

 

giants-causeway-5

 

Mas a verdade é que a Giant’s Causeway fica em uma área que tinha grande atividade vulcânica e as 40.000 colunas prismátcas de basalto que lá se encontram, ficaram tão certinhas e bem encaixadas devido a disjunção prismática de uma grande massa de lava basáltica, resultante de uma erupção vulcânica ocorrida a cerca de 60 milhões de ano. Em palavras mais simples: a atividade vulcânica nesta área fez com que a rocha derretida em contato com ar, se resfriasse e solidificasse. O magma se encolhia à medida que resfriava lentamente, e por causa de sua composição química, fendas hexagonais se formaram na superfície e são essas colunas que parecem lápis enormes, que nós vemos quando chegamos ao local.

 

giants-causeway-4

 

É uma vista incrível, num lugar extremamente bonito. Pra quem não quer entrar no centro de visitantes, o acesso é gratuito.

O Giant’s Causeway foi declarado Patrimônio da Humanidade pelo UNESCO em 1986 sob o nome “Calçada dos Gigantes e sua Costa”, e como Reserva Natural em 1987. Está localizado na costa da Irlanda do Norte, no condado de Antrim.

 

giants-causeway-3

HOTEL EM BELFAST

Holiday Inn Express

Se fosse um pouquinho menos afastado do centro da cidade, esse hotel seria perfeito. Todo novinho, atendimento ótimo, quarto enorme e bonito e café da manhã excelente – além de ter internet grátis. Mesmo sendo um pouco longe de tudo, vale a pena por ser barato e muito bom. Fica perto de uma rua cheia de restaurantes.

OUTROS POSTS SOBRE BELFAST:

O Que Fazer em Belfast, Irlanda do Norte
Titanic em Belfast

Veja também

Titanic em Belfast

O Que Fazer em Belfast, Irlanda do Norte

Disqus shortname is required. Please click on me and enter it

06 Comments

  1. Luiz Sérgio Batista de Faria

    O ¨ Velho Mundo ¨ é, simplesmente fascinante.

    07/11/2013 Responder
  2. Luiz Sérgio Batista Faria

    Um país que trás em si, muitas histórias interessantes.

    07/11/2013 Responder
  3. Bah

    Que lugar lindo! Com certeza a Irlanda do Norte está nos planos.

    Kisu!

    12/11/2013 Responder
  4. Renata Ribeiro

    Adorei seu post, me ajudou a resolver o tour que quero fazer pra Irlanda. Eu estou em Londres, mas vou tentar passar o final de semana em Belfast só pra fazer esses passeios que acho q vale muito a pena.

    12/01/2015 Responder

LEAVE A COMMENT