Islândia – Dicas e Curiosidades
Dicas e Listas Islândia

Islândia – Dicas e Curiosidades

O mapa da Islândia e sua estrada circular.
O mapa da Islândia e sua estrada circular.

 

A Islândia é cheia de tradições e costumes totalmente diferentes dos nossos, fora suas curiosidades naturais e gastronômicas. Vale a pena conhecer um pouquinho mais sobre tudo isso e é por este motivo que fiz um apanhado geral de coisas diferentes e interessantes pra mostrar pra vocês:

– A Islândia é um dos cinco países nórdicos e conhecida como a “Terra do gelo e do fogo” por causa de seus glaciers e vários vulcões e geysers.

A Islândia é a segunda maior ilha da Europa, só ficando atrás da Grã Bretanha.

– Foi o primeiro país do mundo a eleger uma mulher como presidente.

– Em 2010 o vulcão glacial – e impronunciável – Eyjafjllajökull entrou em erupção, cancelando milhares de vôos e por isso, foi notícia em jornais do mundo inteiro. Em 2011, um outro vulcão na área de Skaftafell também entrou em erupção, sendo esta bem pior que a de 2010, mas ninguém noticiou em lugar nenhum (e segundo um dos guias que nós pegamos, só não foi noticiado por não ter atrapalhado a vida de ninguém como o anterior. Brincadeira, claro!).

– Todo mundo quando ficou sabendo que a gente ía para a Islândia em pleno inverno, falou que era maluquice, que estaria muito frio e etc. Então eu devo dizer que NÃO estava frio assim por lá… Não em Março, no fim do inverno. O vento é extremamente forte (tanto que chega a arrancar pedaços de asfalto em alguns pontos do país) e é ele que dificulta um pouco a situação, mas o frio de lá é até menos severo que o frio em Londres – que convenhamos, não é lá tão terrível assim também.

– A comida mais tradicional da Islândia é a carne de tubarão fermentada e podre chamada Hákarl. Outros alimentos muito consumidos são a carne de carneiro ou ovelha (que eles comem inteiro, só poupando a cabeça) e peixes. O prato típico nacional chama-se Þorramatur e é constituído de vários pratos diferentes, entre eles o tubarão podre, carne de foca, salsicha de fígado de ovelha e os testículos de ovelhas curados. Portanto, tome cuidado com esse nome nos menus por lá!

– A Islândia é uma país Europeu, mas algumas partes são consideradas territórios americanos (não significa que de fato são!).

– A Islândia é uma ilha assentada sob uma cordilheira no Oceano Atlântico – chamada de Dorsal Atlântica – que divide as placas tectônicas que separam Europa e América do Norte, o que faz da Islândia um dos locais de maior atividade geológica do mundo. No sul do país está a área com o maior número de terremotos do mundo (exatamente na junção dessas placas tectônicas).

Reykjavík é a capital mais ao norte do mundo e devido ao seu clima oceânico, as temperaturas raramente ficam abaixo de 0 nos piores dias de inverno.

– Nem tente pronunciar as palavras em islandês. Você raramente vai conseguir acertar alguma coisa, já que o que a gente lê não tem nada a ver com o que eles falam e vai acabar deixando os moradores irritados. Praticamente todo mundo fala inglês (e muito bem), então evite passar vergonha.

Na Islândia não existe McDonald’s e Burger King. Só existe Subway, KFC e Taco Bell, fora os tradicionais cachorros-quentes.

– Como disse aqui, a única estrada de asfalto no país inteiro é a “Road Ring” ali do mapa e ela dá a volta em todo o país. Mais fácil de viajar, impossível!

– Eles comemoram o “Dia da Esposa” e o “Dia do Marido”, além de todo ano, elegerem o melhor bolo entre todas as padarias. Este bolo escolhido é vendido em todas elas e a receita nunca é divulgada.

– Não se assuste se passar na rua e tiver um carrinho de bebê sozinho do lado de fora de algum bar ou restaurante. Lá os pais têm o costume de deixar os bebês do lado de fora para poderem aproveitar melhor o programa deles.

– O melhor site em português sobre a Islândia é o Vida na Islândia, escrito por um brasileiro que tem a sorte de morar lá.

– Fora isso tudo que nós vimos e eu dei as dicas aqui, também imagino que deva valer muito a pena conhecer: Akureyri, Reykjanes Peninsula e Landmannalaugar.

 

HOTEL NA ISLÂNDIA

CenterHotel Klöpp

Hotel muito, muito, muito bom! Mega bem localizado bem no centro da cidade e a 5 minutos da Igreja. Dizem que dependendo da força, dá até pra ver a Aurora Boreal da janela do quarto (e eles te avisam caso isso aconteça e você permita o aviso). Todo novinho, quartos grandes e confortáveis e o café da manhã era muito bom. O atendimento foi excelente – acho que em um dos posts eu comentei que esqueci meu celular em cima da mesa do café e eles guardaram tudo direitinho. Assim que eu cheguei a menina já sabia que era meu até 🙂

Recomendadíssimo e na época ainda era o hotel mais barato (por uma semana, nós pagamos cerca de £200).

 

 

OUTROS POSTS SOBRE A ISLÂNDIA:

– Reykjavik
– Aurora Boreal na Islândia
– Golden Circle
– South Shore (Seljalandsfoss, Skógafoss, Vík, Fjaðrárgljúfur)
– Skaftafell Glacier Walk + Jökulsárlón
– Dirigindo na Islândia
Dicas e curiosidades
– Islândia – Lava Cave + Blue Lagoon

Veja também

Economizar tempo em viagens

Como economizar tempo em viagens

economizar em londres

Dicas valiosas para economizar em Londres

11 melhores praias perto de Londres para um dia de sol

13 das praias mais baratas da Europa

Dicas para encontrar passagens aéreas baratas

Disqus shortname is required. Please click on me and enter it

24 Comments

  1. Naná

    Nossa, muuuuito obrigada por postar todas essas informações sobre a Islândia! Meu sonho é conhecer esse lugar um dia, mas nunca encontrava boas informações. Aqui eu achei! 😀 Continue postando, seu blog é muito bom e informativo ^^

    19/05/2013 Responder
    • Luiza Ferrari

      Que legal! Fiquei feliz com seu comentário, muito obrigada. 🙂
      A Islândia vale muito a pena, uma ótima escolha de lugar pra se visitar.
      Bjinho

      20/05/2013 Responder
  2. Morgana Wagner

    Oi Luiza!
    Meu marido e eu estamos planejando nossa segunda viagem à Europa, mas a primeira para o Reino Unido. Teu blog é muito bom, estou tirando ótimas dicas daqui!
    Você foi pra Islândia também, que legal!
    Além do Reino Unido, queremos ficar 6 dias na Islândia, em maio. Não consegui ler ainda todos os teus posts sobre o país, e não sei se você mencionou algo aqui, mas queria saber em relação às roupas que devo levar. Você falou que não estava tão frio e tal.. Penso que maio estará menos. Mas vocês levaram roupas especiais, tipo bota à prova d’água, calça à prova d’água, calçados de caminhada na geleira, aquelas thermo skin etc? Pois leio em outros lugares que tem que levar tudo isso, e eu não tenho nada, teria que comprar tudo, e realmente só vou comprar se for realmente necessário!
    Obrigada e parabéns pelo blog!

    23/01/2014 Responder
    • Luiza Ferrari

      Oi, Morgana.

      Eu não sou de sentir muito frio e lá achei muito tranquilo (fora no dia em que vimos a Aurora Boreal e tivemos que ficar no meio do nada de madrugada). Venta bastante e o clima lá muda a cada hora, então é bom ir preparado com roupas e calçados à prova d’água e vento. Não acredito que neve em Maio e nem acho que vá estar muuuito frio, mas aí depende de vocês. Se vocês forem mais “friorentos”, vale investir em roupas mais quentinhas sim e lembrar sempre de levar roupas suficientes para fazer camadas.
      Para a caminhada, a empresa que escolhemos forneceu todo o equipamento de segurança, como eu falei nesse post: http://londonso.com/2013/04/27/islandia-south-shore-2/

      Nos posts eu acho que falei bastante coisa detalhada, mas se depois de ler você ainda tiver alguma dúvida, mande outro comentário 🙂

      23/01/2014 Responder
  3. Vanessa

    Ola!
    Nossa, adorei suas dicas!
    Fui para a Noruega agora, em dez/2013 e vi a Aurora Boreal por la. Agora ja estou planejando minha proxima viagem, que sera para a Islandia e com certeza vou aproveitar muito do que postou.
    Ainda nao tenho ideia de quando vou, provavelmente no inicio de 2015, pois quero tentar novamente ver a Aurora e ver as maravilhas desse Pais lindo!
    So queria dizer muito obrigada por me deixar ainda mais entusiasmada por visitar esse lugar 😉

    09/02/2014 Responder
    • Luiza Ferrari

      Oi, Vanessa.
      Tenho certeza que vai gostar tanto da Islândia quanto eu gostei.
      Por comentários como o seu é que eu mantenho esse blog, viu? Obrigada você 😉

      10/02/2014 Responder
  4. mara

    bom dia

    parabéns pelas informações.Gostaria de conhecer a Islândia como vou esta em Oslo e tenho disponível 3 dias daria para conhecer a Islândia fazer alguns passeios.

    mara

    05/10/2015 Responder
    • Luiza Ferrari

      O básico dá pra conhecer sim. Pelo menos fazer o Golden Circle e ir à Blue Lagoon deve dar (isso se forem no mínimo 2 dias inteiros).

      12/10/2015 Responder
  5. Sandra Terra

    ISLÂNDIA EM FEVEREIRO CARNAVAL 2016

    Olá estou intencionada em ir conhecer a Islândia no feriado do carnaval. Sei que esta época devo pegar um bom frio, mas não tenho medo dele, até aprecio….mas gostaria de saber se nesta época ainda que já lí que é frio mas não tanto quanto se imagina, mas enfim, e possível nesta época ficar exposta um bom tempo do lado de fora, pois como Islândia é praticamente natureza, acredito que grande parte dos belos programas são ao ar livre.

    Outra pergunta que gostaria de lhe fazer é quantos dias no mínimo devo por lá ficar para conhecer capital, e os lugares considerados imperdíveis, já que é o lugar mais longínquo que estarei colocando meus pés â partir de onde moro.

    Aguardo seu retorno
    Muito obrigada

    Abrçs

    14/11/2015 Responder
    • Luiza Ferrari

      Sandra,

      sim, é tudo ao ar livre. São pouquíssimas as atrações cobertas por lá.
      Nos meus vários posts sobre a Islândia, eu disse que fui no início de Março de 2012, que ainda era inverno e até comentei aqui que não achei tão frio quanto estava esperando. Eu sinceramente não acho que frio deva ser fator decisivo para nada, já que basta se encher de roupas bem quentinhas e o problema se resolve, certo? 🙂

      Eu não sei de quais lugares você está falando, mas para Reykjavik apenas um dia inteiro já basta. Aí depende do resto que você quer ver, mas tente calcular as distâncias no google maps para ter uma noção de quantos dias ficar.

      23/11/2015 Responder

LEAVE A COMMENT