Islândia – Glacier Walk + Jökulsárlón
Islândia

Islândia – Glacier Walk + Jökulsárlón

Último dia útil de viagem, aquela tristeza batendo forte por ter que voltar, mas ainda um dia cheio… Pela falta de planejamento (ficamos hospedados em Reykjavik toda a viagem), nós teríamos que fazer todo o trajeto do dia anterior e mais um grande trecho. Mas lá fomos nós, felizes da vida, já que dirigir lá é uma maravilha. Foi chegar na estrada, que começou a nevar forte, como no dia anterior à noite.

 

A vista da estrada toda pintadinha com os flocos de neve.
A vista da estrada toda pintadinha com os flocos de neve.

 

Passamos pelas cachoeiras, por Vík e depois de 4 horas de viagem, chegamos ao Skaftafell National Park, onde faríamos a Glacier Walk (caminhada glacial). De longe na estrada, já se vê as montanhas branquinhas e as placas enormes de gelo, e aí já dá pra saber que falta pouco pra chegar. Essa atividade nós agendamos para encontrar com o guia no estacionamento do parque, também pelo Extreme Iceland e foi tudo certinho. Na hora combinada o guia apareceu, entregou o equipamento necessário para a caminhada e levou todo mundo de van até o pé da montanha onde seria feito o passeio. Chegando perto da parte de gelo, ele explicou como usar os equipamentos e durante o percurso ia contando algumas curiosidades e explicando como eram formados os glaciers, o por que do gelo ficar azul e tudo mais. Nós demos uma sorte incrível, já que pegamos neve e chuva quase o caminho inteiro e chegando lá, abriu um sol lindo e ficou até quentinho.

 

Leia + Islândia: Lava Cave + Blue Lagoon

 

Glaciers em Skaftafell. É maravilhoso ver isso de perto (e a foto não tem nem um pingo de tratamento)!
Glaciers em Skaftafell. É maravilhoso ver isso de perto (e a foto não tem nem um pingo de tratamento)!

 

É impressionante chegar perto desses mega blocos de gelo, todos azuis e a caminhada é toda linda demais. Foi mais um momento na Islândia que eu fiquei sem acreditar no que estava vendo/fazendo. Recomendo MUITO essa caminhada, seja em Skaftafell ou em Sólheimajökull (que fica cerca de 2/3 horas de distância de Reykjavík). Depois da excursão pela caverna de lava (lava cave), eu fiquei com medo dessa ser do mesmo estilo, mas é muito fácil e tranquilo. Qualquer um consegue fazer sem problemas – se até eu consegui….

Demonstração dos equipamentos de segurança :p
Demonstração dos equipamentos de segurança :p
Lindo é pouco, não é?
Lindo é pouco, não é?


No parque Skaftafell também existem outras coisas para se ver, como a cachoeira Svartifoss
que parece ser muito bonita. Nós infelizmente não tivemos tempo de ir e o caminho até ela estava meio interditado por causa de gelo no chão, mas eu imagino que esse passeio deve valer a pena. Lá mesmo no estacionamento do parque, nós comemos nosso centésimo sanduíche (como falei antes, nossa viagem foi toda à base de sanduíche pra economizar) e partimos direto para o que foi o maior motivo de nós termos alugado o carro: Jökulsárlón.

skaftafell_islandia_glacier_2skaftafell_islandia_2

 

 

 

 

 

 

 

 

Jökulsárlón é a maior lagoa glacial da Islândia, considerada um de seus fenômenos naturais e o que chama a atenção são os vários icebergs imensos boiando por toda a sua extensão. Ela tem cerca de 248 metros de profundidade, sendo assim, a lagoa mais profunda do país. Seu tamanho tem aumentado cada vez mais, por causa do aquecimento global que acelera o derretimento das geleiras próximas. É diferente de tudo, mas isso vocês já devem estar cansados de ler por aqui. Tudo lá é diferente de tudo no mundo e até das outras coisas que existem por lá mesmo. Lá, foram filmadas cenas do 007, Batman, entre outros filmes.

Vista do alto da lagoa Jökulsárlón.
Vista do alto da lagoa Jökulsárlón.

 

Na estrada, assim que passada uma ponte um pouco diferente das outras, é só olhar para a esquerda e a lagoa está bem ali embaixo. Não tem como errar! Entre os dia 15 de Maio e 15 de Setembro, é possível fazer um tour de barco pela lagoa e ver os blocos de gelo mais de perto (este passeio dura entre 30-40 minutos). Como nós fomos no inverno, uma parte dela estava congelada e não podiam passar os barcos da excursão. Caso queira agendar um “boat tour“, é só entrar neste site.

 

Leia + Dirigindo na Islândia

 

jokulsarlon_islandia_2

 

Infelizmente o céu estava escuro e nevava muito quando chegamos lá, o que fez com que as fotos não ficassem muito legais. Deve ser um passeio bem mais bonito no verão, quando os icebergs estão azuis e sem uma camada grossa de neve por cima. Não significa que no inverno seja ruim, pelo contrário, é muito lindo. Parece um lugar mágico e pra completar, ainda tinham várias focas nadando por lá. Esse é outro passeio que TEM que ser feito.

Neve e vento, além do céu escuro.
Neve e vento, além do céu escuro.
Mega blocos de gelo impressionantes.
Mega blocos de gelo impressionantes.

 

E assim o que nos restou foi voltar para Reykjavík, arrumar nossas coisas e partir de volta pra casa no dia seguinte cedinho. Como um resumo da viagem, só posso dizer que a Islândia é surpreendente, linda, diferente e incrível. Não consigo imaginar um lugar mais perfeito no mundo e se pudesse, estaria morando lá agora. Nós voltamos sem um centavo na conta, foi um perrengue danado o resto do mês, mas se pudéssemos, iríamos pra lá de novo a qualquer momento. Se eu tiver que indicar uma viagem só pra alguém, eu indico, sem dúvida alguma, a Islândia – que agora tomou o primeiro lugar disparado na minha listinha de lugares preferidos no mundo.

Ainda vão vir mais dois posts sobre essa viagem: dicas e curiosidades e também explicando melhor como é dirigir na Islândia.

 

HOTEL NA ISLÂNDIA

CenterHotel Klöpp

Hotel muito, muito, muito bom! Mega bem localizado bem no centro da cidade e a 5 minutos da Igreja. Dizem que dependendo da força, dá até pra ver a Aurora Boreal da janela do quarto (e eles te avisam caso isso aconteça e você permita o aviso). Todo novinho, quartos grandes e confortáveis e o café da manhã era muito bom. O atendimento foi excelente – acho que em um dos posts eu comentei que esqueci meu celular em cima da mesa do café e eles guardaram tudo direitinho. Assim que eu cheguei a menina já sabia que era meu até 🙂

Recomendadíssimo e na época ainda era o hotel mais barato (por uma semana, nós pagamos cerca de £200).

 

 

OUTROS POSTS SOBRE A ISLÂNDIA:

– Reykjavik
– Aurora Boreal na Islândia
– Golden Circle
– South Shore (Seljalandsfoss, Skógafoss, Vík, Fjaðrárgljúfur)
– Skaftafell Glacier Walk + Jökulsárlón
– Dirigindo na Islândia
Dicas e curiosidades
– Islândia – Lava Cave + Blue Lagoon

Veja também

Islândia – Dicas e Curiosidades

Dirigindo na Islândia

Islândia – South Shore (Seljalandsfoss, Skógafoss, Vík)

Islândia – Golden Circle

Islândia – Lava Cave + Blue Lagoon

Disqus shortname is required. Please click on me and enter it

02 Comments

  1. gleiber

    Seu relato está simplesmente perfeito! AMEI e salvei todos os seus posts para me guiarem. Sim! Vamos para a Islândia em Agosto (o bom é que será verão) e estamos começando o nosso planejamento. Você está de parabéns, tanto quanto ao estilo do texto, as fotografias, a separação dos assuntos, a navegação no blog. Favoritado!

    01/05/2013 Responder
    • Luiza Ferrari

      Muuuito obrigada! Fiquei muito feliz lendo seu comentário! 🙂
      Espero que meus posts ajudem um pouquinho e tenho certeza que vocês vão amar esse país tão maravilhoso.
      As opções de passeios e as paisagens no verão devem ficar totalmente diferentes, mas pelas fotos já dá pra sentir como é, né? Quem me dera poder voltar esse ano e ficar de vez!

      02/05/2013 Responder

LEAVE A COMMENT