Museum of London Docklands
Londres

Museum of London Docklands

Senta que lá vem história… Mas das legais, prometo!

 

Docklands vai basicamente da London Bridge (esquerda) até Beckton.
Docklands vai basicamente da London Bridge (esquerda) até Beckton (direita), mas a região das docas mesmo é só desde essa voltinha do meio até a doca maior na direita.

 

Docklands não é uma região muito visitada por turistas, mas a cada dia que passa, mais e mais pessoas passam por alguns pontos que foram se tornando de interesse e mal sabem a história dessa, que é a região mais linda (e que eu mais amo) de Londres. Eu mesma, antes de vir morar em Docklands, nunca tinha vindo visitar e não sabia nada, mas assim que cheguei fiquei extremamente apaixonada e hoje, não saio daqui por nada! Dia desses, a gente não tinha nada pra fazer e eu achei algo falando sobre esse museu… Lá fomos nós aproveitar a entrada gratuita e conhecer um pouquinho mais sobre a história da região das docas de Londres – ou Docklands. 😉

 

Canary Wharf e a West India Quay à noite. Vista bem de frente do museu.
Canary Wharf e a West India Quay à noite. Vista bem de frente do museu.

 

Eu disse antes que cada dia mais as pessoas têm passado mais por aqui, já que Canary Wharf está começando a aparecer em roteiros turísticos, nem que seja só para fazer a troca entre a estação de metrô e o DLR (Docklands Light Railway) que leva até Greenwich ou para andar no bondinho. Tudo isso fica em Docklands, mas garanto que você nem sabia o nome da região, né?

 

Um pouquinho sobre os portos de Londres e quando começou a ser necessário criar mais espaço para as embarcações...
Um pouquinho sobre os portos de Londres e quando começou a ser necessário criar mais espaço para as embarcações…

 

O Museum of London Docklands fica bem perto da estação de Canary Wharf, em uma doca chamada West India Quay e foi construído dentro de uma das “warehouses” (armazéns) que guardavam açúcar na época das trocas e navegações. O museu foi aberto em 2003, mas só por ser construído aí, já tem uma grande carga histórica. Esses armazéns de mais de 200 anos, foram parte fundamental na época em que as docas eram utilizadas pelas embarcações que traziam mercadorias para Londres. Por sua vez, as docas passaram a existir como uma forma de escoar o tráfego intenso no Tâmisa, que acabava dificultando o controle das mercadorias que entravam e saíam da cidade.

 

Um pedacinho da maquete que mostra como era a London Bridge antigamente.
Um pedacinho da maquete que mostra como era a London Bridge antigamente.

 

O Museum of London Docklands conta basicamente a história do Rio Tâmisa (que se mistura com a história de Londres) e de Docklands, mostrando como era a região antigamente, para o que ela era utilizada (e o motivo pelo qual ela passou a existir), como eram as pontes e os arredores do Tâmisa e passa até pela Segunda Guerra Mundial até chegar nos dias de hoje, quando a região foi totalmente revitalizada e passou a ser utilizada para fins residenciais e comerciais, com a criação de um centro financeiro que foi concebido como uma “mini-Manhattan” e hoje é a linda Canary Wharf. A vista do nosso atual apartamento é dos prédios comerciais enormes e eu sempre disse que era a nossa “mini NY”. Fiquei feliz por saber que eu não sou tão besta quanto algumas pessoas achavam quando eu falava isso… No fim, um pouquinho da história do metrô e do DLR, que foi feito como link entre Docklands e o centro da cidade, já que em 1981 a área contava com apenas uma linha de ônibus.

 

Vista do nosso apartamento atual: os prédios altos são Canary Wharf, a "mini-Manhattan" de Londres.
Vista do nosso apartamento atual: os prédios altos são Canary Wharf, a “mini-Manhattan” de Londres. E esta é a Millwall Outter Dock.

 

É incrível ver o antes e o depois e ver tudo o que foi concretizado em cerca de 30 anos (o projeto de revitalização da área começou em 1981). Quem não vem a Londres há muito tempo, não vai nem reconhecer essa parte da cidade que foi totalmente reconstruída após as docas entrarem em desuso. Essa região é enorme e durante vários anos virou uma parte isolada de Londres, em que poucas pessoas moravam, não existia comércio e nem transporte direito. Com o aumento da população e vendo uma área de 6.000 hectares abandonada, as entidades competentes viram a oportunidade de revitalizar Docklands, fazendo dela uma espécie de “cidade aquática” que se assemelha aos canais de Veneza e fizerem um trabalho inacreditável. Hoje, quem mora por aqui não quer sair nunca mais. É a parte mais linda da cidade e mais tranquila pra se morar, sem dúvida alguma!

 

Vista de Greenwich em 1620/1630. Hoje em dia ao fundo se vê Canary Wharf, The Dome (O2 Arena), a City of London... Bem diferente!
Vista de Greenwich em 1620/1630. Hoje em dia ao fundo se vê Canary Wharf, The Dome (O2 Arena), a City of London… Bem diferente!

 

O museu conta com várias galerias, algumas até com o ambiente característico que te transporta para a época que está sendo tratada nas exposições. Você uma hora está num salão comum e na outra, dentro de um beco escuro de tijolos que se assemelha com a Londres do século 19. O museu é muito bem pensado, tem muita história interessante e vale demais passar algumas horinhas lá dentro. É tudo tão legal que a gente mal vê o tempo passar. Fora várias fotos, cartazes com detalhes, maquetes e ambientações, vários objetos e pinturas de antigamente e um video que conta um pouco mais sobre o início da Segunda Guerra Mundial em Londres (nele, parece que os primeiros ataques feitos foram exatamente nas docas).

 

Um dos becos que retrata a Londres do Século 19.
Um dos becos que retrata a Londres do Século 19.

 

São 12 galerias dispostas entre 2 andares, que começam pelo terceiro andar e vão seguindo em ordem cronológica. Desde o primeiro porto de Londres, até o fechamento das docas nos anos 70 e a transformação da área em uma região comercial e residencial, tudo com muitos detalhes e muita informação interessante mesmo pra quem, como eu, não gosta de história. Londres é tão fascinante, que me faz gostar de ler e pesquisar sobre isso. :p

Talvez depois eu faça um post falando mais sobre Docklands, com várias fotos recentes. Alguém gosta da ideia?

Museum of London Docklands
Endereço: No.1 Warehouse
West India Quay, London E14 4AL
Horários de abertura: Segunda a Domingo de 10h às 18h (as galerias começam a fechar às 17:40h)
Entrada: grátis

Veja também

Os 8 museus mais estranhos do mundo

Museus Mais Visitados de Londres (e gratuitos!)

Disqus shortname is required. Please click on me and enter it

06 Comments

  1. Gabriela Marcelino

    Eu amei a ideia de fazer um novo post com as fotos atuais… e mais um lugar que entrou para minha lista de “lugares à visitar em Londres”!!

    Muito obrigada pelo blog, você me inspira sempre!

    21/01/2014 Responder
    • Luiza Ferrari

      Eba! Fiquei muuuito feliz com seu comentário, Gabriela. 😀
      Tira um dia pra passear pelas docas sim. Não tem nada turístico, mas é tão lindo e tão cheio de história, que vale a pena.
      Beijo e obrigada!

      21/01/2014 Responder
  2. Paulo Henrique

    Muito legal!Agora eu já to com mais vontade de visitar Londres!

    Gostei muito do seu blog,sucesso!

    21/01/2014 Responder
  3. Luiz Sérgio Batista Faria

    Mais uma vez, seu blog, traz informações interessantes para mim e por que não dizer para todos nós que acompanhamos este seu trabalho de Guia Turística com um profissionalismo ímpar, a GLOBO está perdendo uma correspondente local das melhores na Europa e região, rsrs. Muito sucesso . LONDON SÔ,sempre. abraços.

    21/01/2014 Responder
    • Luiza Ferrari

      Por enquanto guia turística só virtual, né Luiz? 🙂
      Pois é, viu. Quem me dera trabalhar pra Globo! Imagina que chique? hahaha.
      Um abraço.

      22/01/2014 Responder
  4. Liliane Inglez

    Amei!!! Pretendo visitar!!!! Parabéns pelo post!

    18/05/2015 Responder

LEAVE A COMMENT