O Que Fazer em Bruxelas, Bélgica
Bélgica

O Que Fazer em Bruxelas, Bélgica

Finalmente vou começar com os posts sobre a Bélgica! Esse é um país que me surpreendeu positivamente, porque eu nunca quis conhecer e quando fui, acabei me apaixonando. Mas não foi amor a primeira vista com Bruxelas, devo dizer… A primeira visita à cidade aconteceu em Agosto de 2013 com a minha família e acho que por estar tão quente, eu acabei detestando (já devo ter dito que odeio calor, né?). A segunda, foi no Natal de 2013 e aí sim eu gostei! Já não sei se foi o clima de festa que me deixa apaixonada por qualquer cidade ou se Bruxelas é realmente legal, mas sei que gostei bastante.

A Bélgica é a terra do waffle e da batata frita, duas coisas deliciosas que agradam a maioria e só por isso, já encanta… Algo que faz a gordinha dentro de mim bater palmas pra algum destino: a comida! hahaha

Sobre o Natal na Bélgica eu contei neste post aí do link, neste eu vou contar sobre o que a gente viu nas poucas horas que passamos por lá. Foram dois dias, um de cada visita, mas ainda assim não acho que vimos tudo o que a cidade tem a oferecer e nem me sinto muito apta a falar a fundo sobre Bruxelas.Vou falar só sobre o que a gente viu e quem quiser pode deixar mais dicas nos comentários. Mas o que fazer em Bruxelas?

 

ATOMIUM

O que fazer em Bruxelas: Atomium.
O famoso Atomium.

 

O Atomium foi construído em 1958 e inicialmente ficaria de pé por apenas seis meses. Com o sucesso feito, acabou virando um ícone da Bélgica e um ponto de parada obrigatório para os turistas. Com 103 metros de altura, o Atomium representa um cristal elementar de ferro ampliado em 165 milhões de vezes, com vários tubos (com escadas em seu interior) que interligam suas nove partes formando oito vértices. Nas esferas do topo, estão instaladas janelas que oferecem vistas panorâmicas lindas da cidade e em outras, algumas exposições sobre os anos 50.

O Atomium fica em Heysel Park e bem pertinho dele encontra-se outra atração famosa (mas que nós não visitamos), a Mini-Europa. Ele fica aberto 365 dias por ano de 10am às 6pm e a entrada custa:

Crianças com menos de 6 anos e pessoas com deficiências: gratuito
Crianças de 6 a 11 anos: €6
Adolescentes de 12 a 18 anos: 
€8
Adultos: €11

 

Leia + O que fazer em Gent, Bélgica

 

BASÍLICA DO SAGRADO CORAÇÃO

O que fazer em Bruxelas: Basílica do Sagrado Coração
Basílica do Sagrado Coração vista de longe…

 

Infelizmente nós só vimos esta bela construção de longe… O cansaço, calor e a falta de tempo não nos deixaram chegar pertinho pra tirar fotos mais bonitas nem nada. Mas pra quem tem tempo, fica a dica de um lugar bem bacana pra se visitar.

A Basílica do Sagrado Coração (ou Basílica de Koekelberg) é a mais importante igreja da Bélgica e a quinta maior do mundo, com 89 metros de altura e 167 metros de comprimento. Ela foi inaugurada em 1971 para comemorar o 75º aniversário da independência da Bélgica e conta com um interior decorado ao estilo Art-Deco, com muito uso de mármore. Além de ser bonita por fora (e provavelmente por dentro), os belgas dizem que a Basílica oferece uma das vistas mais bonitas de Bruxelas lá do alto de sua cúpula. Eu adoro ver as cidades do alto e infelizmente não pude subir para apreciar esta vista… 🙁

 

GRAND PLACE

O que fazer em Bruxelas: Grand Place
Grand Place linda, linda, linda!

 

Essa é, sem dúvidas, a parte mais bonita e impressionante de Bruxelas. Aquele cantinho que qualquer um TEM que conhecer, mesmo que só desça na cidade pra passar uma ou duas horinhas. A Grand Place é conhecida como uma dos um mais belos conjuntos de edificações da Europa e é a principal atração turística de Bruxelas.

Os primeiros registros históricos da praça datam do século 11, onde inicialmente existia um mercado chamado Nedermerckt, ou Lower Market. Atualmente, a praça é delimitada por prédios datados dos séculos 15 a 18, com pelo menos quatro estilos arquitetônicos: gótico, barroco, neogótico e clássico. Desde 1998, a Grand Place é Patrimônio Mundial da UNESCO.

O prédio mais imponente da praça, aquele que é visto de grande parte da cidade, é o da Prefeitura (Hôtel de Ville), que tem 96 metros de altura e foi construído entre 1402 e 1455. É possível fazer uma visita guiada por dentro do lugar, repleto de objetos de arte. Outro prédio famoso é o Maison du Roi, também do século 15, onde fica o Museu de Bruxelas.

Uma dica bacana: nós ficamos hospedados no Floris Hotel Arlequin Grand-Place durante a época do Natal e da janela do quarto, dava pra ver os prédios iluminados durante as apresentações que aconteciam (para ler: Natal na Bélgica). O hotel era excelente e nem preciso dizer que a localização era maravilhosa!

 

O que fazer em Bruxelas: O Hôtel de Ville.
O Hôtel de Ville, a torre mais alta da praça.

 

Leia + Natal na Bélgica: Antuérpia, Bruges, Bruxelas e Gent

 

MANNEKEN PIS

O que fazer em Bruxelas: Manneken Pis
Hum… É só isso mesmo? =/

 

Essa mini-escultura de um menino urinando é um dos cartões-postais de Bruxelas e atrai milhares de turistas que quase se estapeiam pra chegar perto dela… A decepção faz parte do pacote. Pelo menos eu achava que ele era maiorzinho, até chegar perto e ver que a escultura do menino fazendo xixi é quase do tamanho do meu braço. Na segunda visita em Dezembro, ele estava vestidinho de alpinista e durante vários outros dias, iria mudar de roupa de novo – aliás, o guarda-roupas dele conta com mais de 100 fantasias! Mas não é só no fim do ano que ele se veste… Dependendo da data ou da festividade, ele pode virar o Drácula, o Papai Noel, o Alpinista e várias outras coisas bem divertidas. Para quem quer conferir todos os trajes do menino, basta ir até o Museu da Cidade.

No século XVIII foram várias as tentativas de roubar a estátua, sobretudo pelos exércitos francês e britânico em 1745. Mas foi o roubo de 1817, por um ex-condenado, Antoine Licas, que provocou mais alarme: o ladrão despedaçou a estátua pouco depois de a ter roubado. No ano seguinte foi feita uma réplica que ocupa o lugar da estátua original, e é essa cópia que vemos hoje.

O melhor dela é que ela fica a dez passos da Grand Place, e essa sim surpreende pela beleza e imponência, e não pelo tamanho minúsculo. :p

 

O que fazer em Bruxelas: Manneken Pis
Decepcionada… hahaha

 

PALÁCIO REAL

O que fazer em Bruxelas: Palácio Real
Lindo o Palácio Real de Bruxelas, não é?

 

O Palácio Real de Bruxelas é o palácio oficial do Rei e embora não seja utilizado como residência real (a família mora no Castelo Real de Laeken), o local funciona como um escritório para o Chefe de Estado e o próprio Rei. Também é usado para recepções oficiais e celebrações especiais. O local fica aberto ao público uma vez a cada ano, depois da festa nacional da Bélgica entre 21 de Julho até Setembro. Durante todo o ano é possível visitar o Hotel Bellevue, que forma parte do Palácio e conta com um museu sobre a monarquia no país. Nós só chegamos perto dele à noite, e mesmo assim vale a visita. É uma bela construção para ser admirada.

ONDE SE HOSPEDAR EM BRUXELAS

Nós ficamos hospedados em dois hotéis em Bruxelas, um em cada vez que visitamos a cidade:

Hotel Queen Anne

O hotel em si é muito bom. Os quartos são confortáveis, novos, atendimento bom e o café da manhã é excelente. A única coisa que não é tão boa é a localização, pois fica bem longinho das atrações famosas da cidade e das estações de trem – apesar de ter uma estação de metrô bem pertinho, o que facilita muito. O preço foi bom (nós pagamos cerca de £50 por dia com café) e o hotel é muito bom, então eu recomendo. Como não me importo com decoração, nem me lembro desses detalhes… Já falei antes e repito: os hotéis tem que servir pra tomar banho e dormir, então se é bonito ou feio, velho ou novo, não importa muito.

Floris Hotel Arlequin Grand-Place

Esse hotel fica quase na Grand-Place e você toma café vendo a pontinha dos prédios da praça! Da nossa janela dava até pra ver essas mesmas pontinhas. Café da manhã gostoso e quarto confortável.

 

OUTROS POSTS SOBRE A BÉLGICA:

O Que Fazer em Gent, Bélgica

Natal na Bélgica: Antuérpia, Bruges, Bruxelas e Gent

Veja também

Natal na Bélgica: Antuérpia, Bruges, Bruxelas e Gent

Disqus shortname is required. Please click on me and enter it

04 Comments

  1. Gislei

    Que lugar mais lindo, já ouvi falar muito, mas nunca tinha contemplado por este angulo.

    05/05/2014 Responder
  2. Destino Munique

    Adoro o seu blog, objetivo, claro e divertido 🙂
    Me identifiquei com a sua decepcao com o Manneken Pis, tive a mesma embora já tivesse sido informada por amigos que era esta coisinha rs
    Bjos
    Camilian

    20/07/2015 Responder
    • Luiza Ferrari

      Não é? Eu tive crise de riso quando vi, de tão “ridículo” que é. :p
      Brigada pelos elogios!
      Bjinho

      21/07/2015 Responder

LEAVE A COMMENT