Pamukkale na Turquia: tudo a saber antes de sua visita
Turquia

Pamukkale na Turquia: tudo a saber antes de sua visita

Pamukkale significa “Castelo de Algodão”, e é assim que o complexo, que foi declarado Patrimônio Mundial pela UNESCO em 1988, é conhecido. Só por este apelido, você já deve ter ficado curioso… Pelo menos nós ficamos, e partimos para a Turquia para visitá-lo – assim como 2 milhões de turistas fazem todos os anos, tornando Pamukkale a atração mais famosa da Turquia.

 

O que é Pamukkale na Turquia?

 

Pamukkale na Turquia

 

É uma paisagem surreal, branquinha e com águas azuis e quentes, como se fosse uma cachoeira congelada ou mesmo um castelo de algodão, como é conhecido popularmente (e é seu significado em turco). Na verdade, é um fenômeno geológico que resultou em montanhas de 200 metros de altura que dão a impressão de que vão afundar quando colocamos nossos pés.

Fora isso, existem lá algumas ruínas extremamente bem conservadas na Era Greco-Romana, a chamada Hierápolis e o imponente Teatro Romano.

 

Onde fica Pamukkale?

Pamukkale está no sudoeste da Turquia. Como o país é imenso, qualquer distância entre as cidades é bem grande. De Istambul, são 650km. De Ankara, pouco mais de 450km. Antalya fica a 220km, assim como Izmir. Nós optamos por ficar em Antalya e dirigimos até Pamukkale. Chegamos, nos hospedamos num hotel bem pertinho e fomos visitar o “Castelo de Algodão” no dia seguinte.

 

Como chegar em Pamukkale na Turquia?

De ônibus

São inúmeras as opções para se chegar até Denizli de ônibus, cidade mais próxima a Pamukkale. De lá, basta pegar um outro ônibus que vai direto da estação de Denizli até lá em 40 minutos.

 

De carro

Talvez esta seja a forma mais fácil: alugando um carro e dirigindo cerca de três horas a partir de Kusadasi, quatro de Antalya e Marmaris, cinco de Bodrum. Estes são tempos aproximados e deve-se levar em consideração que a velocidade máxima das estradas turcas é de cerca de 80km/h. Se bem me lembro, nós fomos de Antalya e demoramos quase seis horas pra chegar!

 

Escursão/bate-e-volta

É possível também fazer uma excursão ou bate-e-volta. Basta pesquisar muito bem todas as opções de empresa e se certificar de que não vão parar em outros lugares que não são do seu interesse e ver direitinho quanto tempo vai ter em Pamukkale em si. Pelo que percebi, normalmente buscam no hotel bem cedinho e retornam no início da noite. Deve ser um passeio bem cansativo, mas uma boa opção para quem tem pouco tempo no país ou está apreensivo de tentar fazer por conta própria.

 

Trem

Das cidades de Izmir, Selcuk ou Camlik, é possível pegar um trem até a estação de Denizli. De lá, é possível pegar um ônibus até Pamukkale. A viagem dura 4:15h e as passagens custam cerca de 10 Euros.

 

Avião

O aeroporto mais próximo é o de Denizli, que fica a 45 minutos da cidade. Ele só recebe vôos vindos de Istambul, que são oferecidos por apenas duas companhias aéreas (Pegasus e Turkish).

 

Como evitar a multidão em Pamukkale?

 

Pôr-do-sol espetacular, mas super concorrido.

 

A melhor forma de curtir uma visita sem se estressar com multidões, é passando a noite em Pamukkale (que oferece muitas opções de hospedagem, basta clicar AQUI para ver uma lista com todos os hotéis em Pamukkale) e ir explorar o complexo o mais cedo possível no dia seguinte. A maioria dos visitantes faz bate-e-volta ou dirige de longe e não chega durante a manhã, apenas de tarde – horário mais movimentado, especialmente por todos esperarem para ver o pôr-do-sol famoso de Pamukkale.

 

Dicas para visitar Pamukkale

 

pamukkale na turquia

 

A melhor forma é seguir da entrada ao sul e ir subindo a montanha. Só é permitido a entrada sem sapatos no complexo, para prevenir a erosão ou evitar manchas na superfície calcária tão delicada do castelo de algodão, então leve seus sapatos e tudo mais necessário para explorar as ruínas numa sacola.

Não se esqueça de ir de roupa de nadar para poder aproveitar a água quentinha das piscinas termais e também na Cleopatra’s Pool, se quiser. Também não deixe de levar chapéu/boné, protetor solar e óculos escuros. Separe um dia inteiro para aproveitar tudo o que o espaço tem a oferecer e para ainda curtir o pôr-do-sol que é fantástico visto de lá!

 

O que mais ver no complexo de Pamukkale na Turquia?

 

 

Além do “castelo de algodão”, encontram-se lá as ruínas de Hierápolis, que significa “Cidade Sagrada” e está a 376 metros no alto da montanha. Ela foi construída no século II a.C. e suas ruínas estendem-se por vários quilômetros ao redor de Pamukkale. Há também um imponente Teatro Romano super bem conservado e uma piscina “sagrada” chamada Cleopatra’s Antique Pool.

Na antiguidade, Hierápolis adquiriu a fama de “cidade sagrada” e suas águas eram tidas como medicinais e com poder de rejuvenescimento. Estas termas eram frequentadas assiduamente por Cleópatra, que mais tarde pediu para que fosse construída uma piscina de água corrente – a conhecida Cleopatra’s Antique Pool, que hoje está construída em cima das ruínas da antiga. A água dela chega a 35 graus e é aberta ao público (com taxa extra).

 

A Piscina da Cleópatra.

 

Onde se hospedar em Pammukale

Como a região é pequena e basicamente o complexo de Pamukkale é o que tem para se visitar, vale a pena se hospedar o mais próximo possível dele. Clicando AQUI, você encontra as melhores opções para se hospedar em Pamukkale. Nós ficamos no Bellamaritimo Hotel e recomendamos!

 

Informações importantes

Ingresso apenas para Pamukkale e Hierápolis: 35 Liras Turcas

Ingresso para a Cleopatra’s Pool: 32 Liras Turcas

Horário de abertura de Pamukkale: Novembro a Março de 6:00h às 18:30h. De Abril a Outubro de 6:00h à meia-noite.

Horário de abertura da Cleopatra’s Pool: Novembro a Março de 8:00h às 17:30h. De Abril a Outubro de 8:00h às 19:30h.

 

Pamukkale na Turquia: tudo a saber antes de sua visita. Saiba mais sobre o local, preços, horários e tudo mais!

 

Veja também

Pamukkale pode não ser o que você espera…

Disqus shortname is required. Please click on me and enter it

LEAVE A COMMENT