República de San Marino, um pequeno país dentro da Itália
San Marino

República de San Marino, um pequeno país dentro da Itália

Serenissima Repubblica di San Marino. Este é o nome oficial desta bela, pequena e fascinante república independente, que fica bem no meio da Itália. Muitas vezes as pessoas não sabem nem que este é na verdade um país e não uma cidade! O nome faz justiça ao lugar, que emana paz por todos os cantos, como se fosse um pedacinho do mundo que parou no tempo, isolado do resto da civilização. E pedacinho também descreve bem San Marino, já que ele é o terceiro menor país da Europa (após Vaticano e Mônaco). Ele reivindica ser a república mais antiga do mundo, tendo sido fundada em 301 d.C.

 

Vai viajar? LEMBRE-SE de fazer um bom Seguro Viagem!

Clique AQUI para comparar e encontrar os melhores preços, pague em até 12 vezes no cartão ou com 5% de desconto no boleto. Usando o código LONDONSO5 você ainda ganha mais 5% de desconto. Veja o post sobre Como contratar Seguro Viagem Internacional.

 

o que fazer na república de san marino

 

A 657 metros do nível do mar, a vista que se tem da região e o espetáculo que o pôr-do-sol oferece fazem qualquer um ficar de queixo caído. A capital da República de San Marino é a Cidade de San Marino, que é exatamente onde ficam praticamente todas as atrações turísticas do país que tornou-se Patrimônio Mundial da UNESCO em 2008 (“San Marino: Centro Histórico e Monte Titano”).

 

o que fazer na república de san marino

 

Leia + Onde se hospedar em San Marino: os 10 melhores hotéis no centro histórico

 

Como chegar na República de San Marino

Mas chega de história e detalhes, vamos partir para a parte prática! Eu sempre, sempre, sempre quis conhecer San Marino e planejei ir enquanto estava morando na Itália durante meu processo de cidadania italiana… Não deu certo. Acabei indo logo após ter finalizado o processo, com a companhia do meu maridão André. Não existe nenhum aeroporto em San Marino e quem planeja visitar o local, precisa chegar por alguma cidade próxima – como Rimini, Ancona ou Bolonha. Também não existe trem direto, sendo necessário descer em Rimini e pegar um ônibus (número 72, que sai de um ponto em frente à estação de trem). Da última vez que pesquisei, o valor era de 4,50 Euros por trecho. Nós estávamos em Verona, alugamos um carro e chegamos sem problema algum.

Para quem chega de carro, basta ficar atento: ao chegar na parte histórica no topo da montanha, não é possível e nem permitido andar de carro durante o dia. Existem dois ou três estacionamentos perto do portão de entrada (e às vezes é até um pouco difícil achar vaga). Existem algumas máquinas onde você paga pelo tempo que pretende ficar e só precisa colocar o comprovante de pagamento no vidro do carro.

 

Eu e o André com a Primeira Torre de fundo.
Eu e o André com a Primeira Torre de fundo.

 

Onde se hospedar em San Marino

Nós ficamos hospedados no Hotel Rosa, pertinho da entrada da parte histórica de San Marino e da Primeira Torre, com vários restaurantes e lojas bem perto. Hotel muito bom, café da manhã gostoso e deram até desconto no estacionamento. 😉

Para quem quiser conferir outras opções, nós fizemos uma lista com os 10 melhores hotéis no centro histórico de San Marino, confira: Onde se hospedar em San Marino.

 

O que fazer em San Marino

San Marino não tem mil opções de coisas para fazer e o mais gostoso é realmente andar por lá sem rumo e sem correria. Para quem quiser ver tudo e não deixar nada interessante de lado, basta conferir o post bem completinho que eu fiz com as opcões de o que fazer na República de San Marino.

 

o que fazer na república de san marino

Idioma e moeda da República de San Marino

Lá, as pessoas falam italiano e a moeda utilizada é o Euro, assim como na Itália. Nem todo mundo fala inglês, mas é muito tranquilo conseguir se comunicar. Nada que uma boa mímica e um dedo pra apontar não ajudem.

 

Turista precisa de visto?

Brasileiros não precisam de visto para entrar em San Marino e nem recebem um carimbo no passaporte ao atravessar a fronteira. Para quem gosta de colecionar carimbos, fica aqui uma dica muito legal: basta ir até o centro de informação turística (perto do bondinho/cable car), pagar 5 Euros e você recebe um carimbo de mentirinha, mas que é bem legal de se ter.

 

República de San Marino
Essa portinha da esquerda é o centro de informação turística.

 

Leia + O Que Fazer na República de San Marino

 

República de San Marino: O visto de San Marino (5 Euros).
O visto de San Marino (5 Euros).

 

Este foi o primeiro post, uma breve introdução ao país. No próximo, vou contar pra vocês sobre as atrações e o que fazer nesse lugar tão encantador! Nós saímos de lá apaixonados e mesmo eu já sabendo que era lindo, não imaginava que fosse tanto. Já já aparecem os detalhes! 😉

Outros posts sobre a República de San Marino:


VOCÊ PODE GOSTAR

Veja também

Onde se hospedar em San Marino: os 10 melhores hotéis

O que fazer na República de San Marino

Disqus shortname is required. Please click on me and enter it

010 Comments

  1. Ademir Pires de Carvalho

    Ola pessoal, eu e minha esposa estivemos literalemnte ano de 2014 na Italia, alugamos um carro e partimos para conhecer a metade do pais, e San Marino ficou na historia, maravilhoso, povo hospitaleiro, cidade medieval, a noite caminhar pelas calçdas de e ruas de pedras parecia um labirinto, e o hotel ficava no topo, sem problemas de passear a noite, e durante o dia estava tendo desfiles, e as suas vestes eram realmente de homens medievais de acordo da epoca e tocando acho que folio e gaitas maravilhoso… pena que tem outros cantos do mundo para conhecer mas voltaria neste lugar,… e depois dali seguimes cidades vizinhas a ate chegar o litoral Italiano…valew gente….Alguem falou de cidadania e pouco moroso e nao é tao barato depende de cada processo tambem.

    27/11/2020 Responder
  2. Camila mantovani tavares do nascimento

    gostaria de ter informações sobre sua cultura….um pintor famoso e sua obra….dança…folclore….

    09/07/2019 Responder
  3. Yara Caroline Bejatto da Silva

    Gostaria de saber o que precisa os descendentes para obter a Dupla Cidadania.

    Grata
    Yara Bejatto

    10/01/2019 Responder
  4. Ilca Berbert Rouiller

    Gostaria de saber da Família Faieth neste local, pois minha mãe era dessa família.

    10/05/2015 Responder
  5. Samara Lemos

    Realmente lindo! 🙂

    11/01/2015 Responder
  6. Angela de cock

    Boa noite super legal pode enviar me por favor o hotel que vc ficou? Grata bisous

    06/01/2015 Responder

LEAVE A COMMENT