Royal Courts of Justice em Londres
Londres

Royal Courts of Justice em Londres

Entrada do Royal Courts of Justice.
Entrada do Royal Courts of Justice.

 

Eu falei bastante sobre o Open House London ano passado, mas não pude visitar nenhum prédio por estar fora de Londres na época. Pra quem não sabe o que é, este é o único final de semana do ano em que alguns dos prédios mais importantes/interessantes da cidade são abertos ao público. Grande parte deles normalmente não recebe visitas, então durante 2 dias por ano (sempre em Setembro), quem tem interesse em entrar em algum dos prédios que fazem parte do evento, tem que se programar MUITO bem pra não perder a chance.

 

Fachada do Royal Courts of Justice.
Fachada do Royal Courts of Justice.

 

Mas por que eu digo que tem que se programar muito bem? Como tudo aqui, as pessoas se empolgam e vão em peso. As filas ficam quilométricas e nos prédios mais procurados, muitas vezes as pessoas nem conseguem entrar – mesmo chegando horas antes da aberturas das portas deles. No primeiro dia, o Sábado, eu queria ir visitar o Gherkin que eu amo profundamente e todo mundo que me conhece, sabe… Perdi o horário e quando vi, mesmo chegando lá às 9:00h da manhã (horário em que as portas seriam abertas), eu não conseguiria entrar mais. O motivo? A fila já tinha dado voltas no mega-quarteirão e mesmo quem já estava lá, talvez não conseguisse entrar a tempo. Fiquei chateada, mas parti para visitar outro prédio que sempre achei lindo: o Royal Courts of Justice. E é sobre ele que vou contar agora – depois vou contar sobre o Gherkin que acabei visitando no Domingo! o/

 

A parte de trás (por dentro), bem diferente da fachada.
A parte de trás (por dentro), bem diferente da fachada.

 

O que é ele? Bom, pelo nome acho que já dá pra se ter uma ideia, né? Este é um prédio de arquitetura gótica vitoriana linda de doer e que mais parece um palácio. Foi inaugurado em 1882 pela Rainha Victoria e abriga o Supremo Tribunal e o Tribunal de Recursos da Inglaterra e do País de Gales. Lá são julgados os casos mais importantes destes dois países e alguns destes julgamentos são até abertos ao público. Algo que eu não sabia é que é possível visitar o Royal Courts of Justice fora do Open House, mas com algumas restrições.

 

Do alto da mesa dos juízes – tirei essa foto meio escondida só pra ilustrar o post ;)
Do alto da mesa dos juízes – tirei essa foto meio escondida só pra ilustrar o post 😉

 

Durante o evento eu pude visitar as celas que existem lá, vi uma exposição de roupas/costumes legais utilizados pelos juízes, os carros onde eles transportam os presos também podia ser visto e dava até pra entrar neles e entrei em várias cortes onde estavam acontecendo algumas “aulas” variadas e bem interessantes. Pude assistir algumas moças que são como ajudantes de alguns juízes explicando sobre o trabalho deles e sobre as roupas que eles usam, por exemplo, e achei bem interessante (infelizmente não podia tirar foto dentro das salas). Elas explicaram sobre a diferença das perucas e dos trajes, quais são utilizados pelos juízes principais e ainda no fim chamaram alguém da “platéia” pra vestir um dos trajes pesadíssimos e cheios de camadas (no dia fazia calor e até eu, de longe, fiquei suando).

As perucas usadas pelos juízes expostas na galeria de trajes legais.
As perucas usadas pelos juízes expostas na galeria de trajes legais.
Este traje é usado pelo juiz principal e custa cerca de £30.000!
Este traje é usado pelo juiz principal e custa cerca de £30.000!

O prédio é lindo por dentro e por fora, e vale a visita mesmo que não se possa entrar nas salas e nem nas celas normalmente. Na entrada eles ainda deram alguns folhetos que explicam sobre o prédio, sobre o que acontece lá e tinha até um plano de visitação. Ele fica aberto sempre por um só dia no Open House e é só aí que as fotos são liberadas – normalmente não se pode tirar fotos, pois as pessoas estão lá trabalhando.

Salão principal do Royal Courts of Justice.
Salão principal do Royal Courts of Justice.
Uma das celas.
Uma das celas.

Horário de abertura: Segunda a Sexta de 09:00h às 16:30h
Endereço: Strand, London, WC2A 2LL

Para fazer uma visita guiada, é preciso agendar com antecedência, já que elas acontecem apenas uma vez por mês em dois horários no mesmo dia (11:00h e 14:00h). Estas custam £12 para adultos e £5 para crianças de até 14 anos.

Aqui você lê sobre o Gherkin (30 St Mary Axe), que eu finalmente consegui visitar no segundo dia do Open House e quase morri de alegria! 😀

Veja também

Conheça o Gherkin (30 St Mary Axe)

Open House London

Disqus shortname is required. Please click on me and enter it

03 Comments

  1. Bah

    Acho super legal o Open House, mas como não moro em Londres, teria que madrugar pra chegar nos lugares, prefiro visitar os blogs de quem foi rs..

    Kisu!

    18/11/2013 Responder
  2. Luiz Sérgio Batista Faria

    Luiza o seu blog mostra lugares e locais super interessantes para nós , para mim em especial, pois adquiro sempre mais conhecimento sobre os países que voce visita e sou um apaixonado pelo Reino Unido e nestas fotos o prédio que tem, na minha opinião, a parte de trás mais bonita que a da frente, é belíssimo, um salão ¨majestoso¨, uma cela que mais parece uma sala de espera de atendimento popular, e os trajes dos magistrados com suas tradicionais perucas. Como dizem os mais velhos, SOBERBO!!!

    18/11/2013 Responder
  3. Rafael, Tchê in London

    Bah, esse prédio é lindão e não tem como não notar passando por ali.
    Uma dica pra quem for visitar: a lojinha de chás da Twinings fica bem na frente, do outro lado da rua e, bem diferente do Royal Courts, éla é bem pequeninha e espremida entre os prédios.

    25/11/2013 Responder

LEAVE A COMMENT