Sharm el Sheikh, Egito
Egito

Sharm el Sheikh, Egito

Durante nossa viagem ao Egito, nós optamos por ficar hospedados em um resort em uma praia bem conhecida e queridinha dos ingleses, chamada Sharm el Sheikh. No Brasil eu acredito que não seja um destino muito famoso, até porque os egípcios ficavam MUITO surpresos quando a gente dizia que era de lá. Um deles até falou “mas vocês moram na Inglaterra, certo?”, o que nos deixou surpresos e ele explicou que tinha perguntado porque nenhum brasileiro vai direto pra lá.

 

Nabq Bay em Sharm el Sheikh, Egito
Nabq Bay em Sharm el Sheikh

 

Não vou mentir dizendo que a gente conheceu a cidade inteira e blablabla, porque na verdade quando a gente não estava em tours que tomavam o dia inteiro, a gente nem saía do hotel e da praia privativa dele. Muita gente diz que Sharm el Sheikh lembra Las Vegas e pelo pouco que a gente viu de dentro dos ônibus e pela vista dos mil vôos que a gente pegou, realmente lembra por ter um monte de luzes, fontes, bares e restaurantes imensos e tudo mais.

 

Leia + Viagem para o Egito: impressões e dicas práticas

 

Hotel Royal Albatros Moderna em Sharm el Sheikh, Egito
Parte da praia particular do hotel Royal Albatros Moderna.

 

Sharm el Sheikh fica no Mar Vermelho, na ponta sul da península do Sinai. Chegando lá, no aeroporto, já se vê uma placa enorme que diz que Sharm é a “cidade da paz”. Eu falei no primeiro post sobre como é o Egito que nós ficamos bastante apreensivos antes de ir devido aos ataques na Tunísia e até lá no Egito mesmo (entre outras coisinhas), então vou confessar que lendo essa placa eu fiquei até mais tranquila.

 

Sharm el Sheikh, Egito

 

Sharm é 100% turística e extremamente segura. Em todos os resorts existem seguranças e portões e só entram carros identificados. Nós não vimos absolutamente nada de errado acontecendo e nenhum turista acuado, muito pelo contrário. O lugar parece estar crescendo absurdamente, são centenas de novos hotéis gigantescos sendo construídos por todos os cantos. O nosso hotel mesmo (Royal Albatros Moderna) era praticamente uma cidade de tão enorme e adivinhe só? Estavam construindo mais quartos!

A cidade é muito procurada pelos amantes da vida marinha que querem mergulhar e ver um moooonte de peixes diferentes, entre outras coisas. A água é tão transparente que até de fora do mar você consegue enxergar isso tudo em detalhes!

 

Sharm el Sheikh, Egito
Pôr-do-sol na plataforma da praia do hotel.

 

Não me lembro de ter visto transporte público por lá, mas todo mundo chegava já com transfer agendado do aeroporto até o hotel ou alugava um carro. Nosso transfer foi feito pela empresa A2B.

 

ONDE NÓS FICAMOS HOSPEDADOS EM SHARM EL SHEIKH

Nós ficamos hospedados na parte chamada Nabqa Bay em um resort 5 estrelas chamado Royal Albatros Moderna. A praia era gostosa, água morninha e mega transparente, mas nós só conhecemos a praia privativa do hotel. O mar era tão raso que pra chegar na parte mais funda – onde muita gente ía pra mergulhar e ver os peixes -, era preciso atravessar uma plataforma bem grande. No meio dela o hotel colocou algumas espreguiçadeiras e cadeiras pra quem quisesse ficar por lá mesmo.

 

Mergulho em Sharm el Sheikh, Egito
O final da plataforma, onde o pessoal ia pra mergulhar.

 

O hotel é sem sombra de dúvidas o melhor hotel onde nós nos hospedamos nesses quase 4 anos de viagens! Era “all inclusive” e contava com ótimos restaurantes de comida italiana, árabe, alemã, chinesa (…), 13 bares espalhados pelo espaço, piscinas enormes e gostosas entre várias outras coisas. Absolutamente perfeito e eu indico muito ficar por lá! Tem TUDO dentro do hotel, até lojinha de souvenir e farmácia! E ó, foi bem barato! A gente pagou menos de £400 pra 7 diárias com tudo liberado e em alta temporada.

 

Hotel Royal Albatros Moderna em Sharm el Sheikh, Egito
Uma das várias piscinas do hotel em Sharm el Sheikh.

 

Leia + Viagem para o Egito: impressões e dicas práticas

 

PASSEIOS DE UM DIA À PARTIR DE SHARM EL SHEIKH

Empresa de tour é o que não falta por lá, mas é sempre bom agendar tudo com as que são mais conhecidas e confiáveis. São oferecidos passeios para os amantes de mergulho, pra quem quer nadar com golfinhos e várias são as opções pra quem, como nós, quer explorar coisas diferentes. Desde ir até o Monte Sinai ou um tal de “Blue Hole” bem famoso pra mergulhar (os dois ficam ali pertinho de Sharm), até ir pra Jerusalém, Israel e Jordânia fazendo um bate-e-volta de um ou dois diazinhos.

Nós, obviamente, fomos para o Cairo ver as Pirâmides – primeira vez no Egito TEM que ir lá, né? – em um tour de avião que começou às 5h da manhã e terminou às 21h. Fora isso fomos também para Luxor em um tour também de avião e por último resolvemos dar uma passadinha na Jordânia pra visitar Petra. Sobre todos esses passeios em detalhe, eu falo nos próximos posts.

Nós tivemos duas empresas de tour como parceiros – as duas melhores de Sharm -, que nos forneceram os três passeios. O primeiro passeio foi feito com a empresa Sharm Excursions e os dois últimos com a Sharmers Excursions. Também vou falar mais sobre elas nos posts sobre os tours.

Veja também

Bate-e-volta: de Sharm el Sheikh ao Cairo, Egito

Disqus shortname is required. Please click on me and enter it

05 Comments

  1. Faby

    Hey Luiza, to cogitando ir pra la (mas em duvida entre Sharm e Dubai) e justo encontrei seu blog. Adorei! Sou amiga da Ana e te conheci em algum dos encontros de blogueiros. 😉

    15/09/2015 Responder
    • Luiza Ferrari

      Decidiu, Faby? 🙂

      18/09/2015 Responder
      • Faby

        sim, vamos daqui 10 dias pra Sharm el Sheikh! Vou pesquisar os tours nas empresas acima. Tks!

        18/09/2015 Responder

LEAVE A COMMENT