Viajar na Gravidez: Pode? Como é?
Gravidez e Maternidade

Viajar na Gravidez: Pode? Como é?

Ficar grávida é uma bênção. Uma alegria sem fim mesmo nos momentos de enjôo, um monte de primeiros acontecimentos incríveis que vão ficar marcados para o resto da vida… Um amor que cresce a cada dia e que não tem explicação. Mas no inicinho acho que todo mundo fica preocupado, sem saber o que a grávida pode ou não fazer/comer, o que é proibido, o que faz mal para o bebê, se pode ou não andar de avião, se ele sente alguma coisa e etc… Eu não fui diferente, claro! Junto da gravidez, chegam as várias neuroses, dúvidas estranhas e preocupações que podem até parecer brincadeira, mas… Mãe é mãe, né?

Quando descobri que estava grávida, nós já havíamos marcado duas viagens há muito tempo: uma no fim do ano – que como sempre nós usamos a semana entre o Natal e Ano Novo pra passear por aí – e outra quando eu já estivesse no meu segundo trimestre. A primeira viagem teria vários trechos de avião, navio e trem e iria passar pela Dinamarca, Finlândia e Rússia.

 

Mas afinal, grávida pode viajar de avião?

A primeira coisa a dizer é que sim, grávidas podem viajar de avião caso tudo esteja ok na gestação. É sempre bom conversar com seu médico e se ele achar melhor não, infelizmente é preciso seguir a ordem e ficar mais quieta… O que todos os médicos me disseram é que em viagens de avião de mais de 3 horas era bom ficar atenta, beber bastante água (em um vôo de 3h, nós perdemos cerca de 1,5l de água do organismo!), andar de tempo em tempo e usar meia de compressão. Eu não tive problema nenhum durante os 4 vôos que nós fizemos nesses 10 dias de viagem do fim do ano (eram vôos de no máximo 4 horas e mesmo assim eu fiz tudo o que me foi recomendado). Mas é como eu disse: tem que falar com o seu médico, pois cada caso é um caso.

 

Viajar na Gravidez: Pode? Como é?
Eu, nossa “ervilhinha” que ainda nem aparecia e a Catedral de São Basílio em Moscou.

 

Nessa viagem nós também andamos de trem por várias horas e até de balsa/navio (eu estava com 2 meses na época). Como eu havia ficado internada por causa de hiperêmese gravídica uma semana antes, nós ficamos super apreensivos antes… Mas deu tudo certo, apesar do leve mal estar que me pegava de vez em quando, mas que eu não deixei atrapalhar muito a viagem.

 

Como é viajar no primeiro trimestre?

Se você sente que aguenta viajar e que o mal estar não vai ser empecilho, vá com tranquilidade! O que mais incomoda no primeiro trimestre é realmente isso: enjôo, sono e cansaço o tempo todo. Por isso dizem que não é tão bom assim viajar nesse período. Mas cabe à grávida determinar se está bem ou não para passear. Vale também lembrar que provavelmente você não vai aguentar ficar andando o dia inteirinho sem parar, fazer poucas refeições por dia e outras coisinhas que a gente costuma fazer enquanto viaja. Viajar na gravidez requer uma programação mais flexível, sem correria e desespero, porque provavelmente você não vai aguentar fazer o que fazia antes – e essa dica vale pra qualquer época.

Nós deixamos de ver muita coisa em cada cidade que passamos, mas pra falar a verdade eu nem me importei… Era melhor chegar mais cedo no hotel e colocar as pernas pra cima, parar pra comer com calma e ir sentando um pouquinho ao longo do dia, do que sair correndo o dia inteiro pra cima e pra baixo e extrapolar o meu limite. Nesse primeiro trimestre a gente costuma ficar muito neurótica também, pois ainda existem riscos, então é bom ter calma.

 

Viajar na Gravidez: Pode? Como é?
Nós com nossa princesa já grandinha na Muralha da China. <3

 

Como é viajar no segundo trimestre?

Agora nós acabamos de voltar da segunda viagem, já no segundo trimestre (eu já estava com 5 meses) e foi beeem mais tranquilo. Sem enjôos e sem cansar tanto, foi muito mais gostoso curtir a viagem. É a melhor época para se programar uma viagem na gravidez, já que provavelmente você vai se sentir mais bem disposta e os riscos já diminuíram consideravelmente. Fora que é uma boa hora de viajar ‘pela última vez’ só você e seu parceiro sendo uma família de dois, né?

Inicialmente essa nossa viagem passaria pela China, Tailândia, Cambodia e Myanmar… Quando descobrimos a gravidez, tivemos que mudar o roteiro inteirinho, já que metade dele seria meio “pesado”, perigoso e me deu preguiça só de pensar em ficar “pulando” de país em país sem ter tempo de descansar. Seriam hoooras em ônibus rodando estradinhas de terra, andando enlouquecidamente e passando muito calor. Decidimos então ficar somente na China e na Tailândia, e mesmo eu estando quase 100%, sem enjôos e não muito cansada e o roteiro sendo mais tranquilo, ainda fiquei absurdamente quebrada em alguns dias – anote aí: andar pela Muralha da China e/ou fazer excursões em barcos long tail na Tailândia, NÃO são tarefas muito fáceis para grávidas! 😉

Fora isso, é bom pensar muito bem no roteiro a ser feito. No caso da Tailândia, nós deixamos de conhecer muitos lugares devido ao acesso ser feito somente por speed boat (barcos rápidos), coisa que grávidas não podem fazer de jeito nenhum – e também porque depois de ter feito um passeio de dia inteiro com o long tail, eu percebi que não dava conta e acabei desistindo de fazer os outros que tinha planejado.

 

london-so-menina
E pra todo mundo que mandou email dando os parabéns e pedindo novidades: É UMA MENINAAAA!! 😀

 

 

No próximo post: viagem na gravidez – cuidados extras e dicas

 

Viajar na Gravidez: Pode? Como é?

Veja também

Viagem na Gravidez: Cuidados extras e dicas

Disqus shortname is required. Please click on me and enter it

19 Comments

  1. Lúcia Pires

    Olá Luciana, descobri seu blog meio que por acaso visitando outros blogs de viagem. Aprecio seu estilo de escrevê-lo, parabéns tanto pelo blog quanto pela chegada de sua menina.
    Uai sô, também sou mineira!

    07/05/2016 Responder
    • Luiza Ferrari

      Obrigada, Lúcia! Espero que continue acompanhando.
      Só errou meu nome, que é Luíza e não Luciana. 😉

      10/05/2016 Responder
  2. Alexandre Lemos

    Olá, somos Alexandre e Thatianne!!

    Achamos interessantíssimo o seu blogue e o tema então questão, que é sobre viajar grávida! Descobrimos a gravidez a duas semanas, a Thati está com 4 semanas… temos uma viajem para a TAILÂNDIA no início da 11a semana de gravidez. Quanto a estrutura da Tailândia, é seguro caso ela precise de um médico? Os hospitais possuem suporte para uma demanda de emergência para uma gravida de 11 semanas???

    Obrigado!!

    12/10/2016 Responder
    • Luiza Ferrari

      Alexandre,

      eu fui para a Tailândia com 5 meses de gravidez e não precisei de nada… Não sei te dizer como é a estrutura lá. É o tipo de informação que só quem precisou vai saber te passar. Quando pesquisei (muito) antes da viagem, não achei ninguém que tivesse tido problemas a ponto de precisar ir ao médico ou hospital.
      Eu fiz um seguro de viagem que cobrisse gravidez e isso já dá uma tranquilidade a mais.

      12/10/2016 Responder
      • Renata

        Ola, tbm estou a ir para a Tailandia com 14 semanas de gestaçao e estou muito insegura pelo que as pessoas falam… o perigo de longas horas de voo, a correria da viagem.
        Enfim, me fale da viagem de aviao em si. Sua medica liberou tranquilamente? e qual foi o seguro que vc fez?

        16/10/2016 Responder
        • Luiza Ferrari

          Eu fui com 20 semanas e não tive problema algum. Minha gravidez não foi de risco, então nada me impedia de viajar… Viajei com 9 semanas, peguei 4 aviões, navio e trem e nada aconteceu (fora o enjôo horroroso que eu sentia na época). Você tem que falar direitinho com seu médico, pq ele sabe melhor que ninguém o que é bom ou não pra você, né.
          Escrevi mais sobre o assunto aqui e coloquei algumas dicas: http://londonso.com/viagem/viagem-na-gravidez-cuidados-e-dicas/
          O seguro feito foi um de uma empresa aqui da Inglaterra, então não é válido para quem está no Brasil (por isso não indiquei no post).

          16/10/2016 Responder
    • Renata

      Alexandre,

      O que vcs decidiram?
      Ja viajaram? Estamos na mesma situacao que vcs, sendo que eu tenho um filho e tive um aborto antes dessa gestação. Estiu c medo

      16/10/2016 Responder
      • Alexandre

        Ola Renata!!
        Estamos aqui e voltamos amanhã. Esperamos que esteja tudo bem com o baby. A viagem foi ótima!

        11/12/2016 Responder
  3. Daniela

    Ola!

    Também campanulada Tailandia no final desse ano para passar 16 dias e vamos com nossa filha de 1 ano e 6 meses e eh estarei grávida de 20 semanas.
    Queria saber como foi alimentação para vocês? Tiveram dificuldade por conta da higiene?
    E fiquei curiosa por conta da sua informação de que grávidas não podem andar de speed boat. Porque?
    Obrigada!

    02/11/2016 Responder
    • Luiza Ferrari

      Daniela,

      nem olhamos barracas de rua e comemos apenas em restaurantes que achamos mais limpinhos e tranquilos. Água só de garrafa lacrada, nada de sorvetes, iogurtes, peixe cru e carne mal passada. Não tivemos dificuldade, basta olhar bem direitinho e escolher bem onde comer. Falei mais sobre isso aqui: http://londonso.com/viagem/viagem-na-gravidez-cuidados-e-dicas/

      Não pode pq ele vai muito rápido e bate demais (e com força), sendo perigoso para grávidas.

      07/11/2016 Responder
  4. Fabiana Denes

    Olá! Estou na mesma situação! Havia marcado uma viagem grávida antes de estar e agora estou ajustando os últimos detalhes para conseguir aproveitar. Vou para Tailândia e já vou estar com 7 meses. Tinha planos de pegar um speedboat de Krabi para Phi Phi, mas vi que vc diz que grávida não pode. Sabe o motivo? Obrigada!

    05/01/2017 Responder
    • Luiza Ferrari

      Pq bate demais e com muita força, e por isso é perigoso para grávidas.

      16/01/2017 Responder
  5. Raquel campos pinheiro

    Olá, encontrei esse blog na busca de informações de viagem pra Tailândia na gravidez, pois estou com 6 semanas e tenho uma viagem marcada (HÁ SEIS MESES) para marco (terei umas 13 semanas de gestação).. meu marido quer cancelar a viagem, porque pegamos um voo com muitas escalas e ele achou perigoso.. uma das escalas eh a china.. vc acha que eh perigoso? ?? Vc cancelaria? Ou faria uma parada na china pra descansar?? Outra coisa, li a respeito do Zika vírus na Tailândia, vc ficou cm medo? Nesse caso então o melhor seria não ficar pulando de ilha em ilha né??? Ai n quero cancelar preciso de argumentos kkkkkkkkkkkk grata desde já

    20/01/2017 Responder
    • Luiza Ferrari

      Oi, Raquel.
      Eu falei sobre vôo e dei dicas no outro post sobre viagem na gravidez: http://londonso.com/viagem/viagem-na-gravidez-cuidados-e-dicas/
      Também fiz escala na China e fiquei 3 dias lá, pq queria ir até a Muralha. Não é perigoso, SE estiver tudo bem na sua gravidez… Não tenho como afirmar isso, pois cada caso é um caso e você deve falar com seu médico.
      Não fiquei com medo, pq dizem que Zika e Malária são frequentes nas partes menos turísticas e nas fronteiras com Camboja, se não me engano. Como não ía passar nem perto, fiquei tranquila (mas usei repelente natural o tempo inteiro).

      21/01/2017 Responder
  6. Ariane

    Olá, tenho uma viagem marcada agora primeira quinzena de Abril para uma feira na China, meu esposo também iria comigo, estou tendo uma segunda gestação tranquila, tirando os enjoos que estão constantes, estou de 10 semana, para a viagem estarei com 19 semanas.
    Estou com dúvidas em relação a ir ou não! Meu médico me disse que estarei na melhor “fase” para se viajar e que ele me da ok para que eu possa ir sem preocupação. Em relação a viagem muito longa, você sentiu muito cansaço? A alimentação como foi?
    Tenho que decidir isso até final da semana pois tenho que finalizar o pacote.
    Ficarei no aguardo, desde já parabéns pelo material.

    20/02/2017 Responder
    • Luiza Ferrari

      Ariane,

      quando fui também estava de 19 semanas e como escrevi, é realmente a melhor fase para se viajar.
      Eu fui de Londres para a China, não me lembro bem, mas acho que foi um vôo de 9 horas… Escrevi sobre vôos longos, cansaço e alimentação nesse post e neste outro link, caso queira dar uma olhada: http://londonso.com/viagem/viagem-na-gravidez-cuidados-e-dicas/
      Eu iria, não senti nada além de um pouco de cansaço e um pouquinho de enjôo. É só tomar cuidado e descansar bastante.
      :*

      25/02/2017 Responder

LEAVE A COMMENT